Coronavírus: quão rapidamente a covid-19 está se espalhando na América Latina (e como ela se compara a outras regiões do mundo)

O Panamá tornou-se no início desta semana o décimo primeiro país da América Latina a confirmar a presença do novo coronavírus em seu território.

A nação centro-americana juntou-se ao Brasil, México, Equador, República Dominicana, Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Costa Rica e Paraguai, onde também foram relatados casos de covid-19.

Juntos eles somam 106, em uma região de 626 milhões de habitantes.

Isso é menos de 0,1% dos quase 110.000 casos relatados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) às 09:00 GMT de segunda-feira, 9 de março.

E também significa que os números da América Latina ainda estão muito atrás dos da Ásia, Europa e até dos Estados Unidos, onde no início desta terça-feira o número de pessoas infectadas com o coronavírus já totalizava 726.

O vírus, porém, chegou à região em 26 de fevereiro, o que também significa que em menos de duas semanas o número de casos aumentou em 10.500%.

E embora todas as primeiras infecções tenham ocorrido no estrangeiro, segundo a OMS, pelo menos cinco países latino-americanos já registaram exemplos de transmissão local.

 

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar